Fotografia Documental de Família

Nascimento Arthur


Quem diria, olha eu aqui contando mais uma história dessa família, mas vou contar de um jeito diferente.


Cartas para Arthur!

Arthur, eu conheci sua mãe a um tempo atrás, cantando em casamentos, e de cara fiquei encantado com a voz dela, e de como ela se expressava no palco dava para sentir que ela fazia aquilo com amor, a partir daí começou uma grande admiração pelo talento dela, e sempre que nos encontrávamos em casamentos, me rendia muitas fotos incríveis principalmente pela espontaneidade dela nos palcos, foi assim que começou uma grande parceria.


Quando menos esperava, fui convidado para fazer parte da primeira etapa importante na sua família, fotografar o casamento dos seus pais.

E nesse dia que conheci esse cara, que você vai chamar de pai, e posso te dizer uma coisa, você está em boas mãos, de longe vemos que é um cara de coração enorme, e vai ter muito o que ensinar a você.


Arthur, espero que você não de tanto trabalho para seus pais, como você deu para nascer, mas o trabalho de parto, como o próprio nome diz, dá trabalho.

Foi preciso ter paciência, foi preciso saber esperar, foi 7 horas de trabalho de parto, da primeira contração, até sua chegada.

Sabemos que alguns partos duram poucas horas e têm partos que se arrastam por dias, o parto normal não é uma "receita de bolo", como também alguns partos podem ser muito dolorido, outros não.

Parto tem sangue, parto tem suor, tem choro, parto tem grito.

E muitas das vezes inconscientemente a vontade da sua mãe era desistir, sempre dizendo que não tinha mais força, que estava cansada demais.


Mas ela foi guerreira e entre um lamento e outro, com seu pai sempre ali do lado segurando a mão dela, com toda a equipe incentivando, você nasce, ai vem aquela sensação de alívio, com sorrisos bobos e descontrolados.

Quando você é colocado nos braços da sua mãe, ela sorri e você chora, mas sabemos que aquele foi um choro de: "Mãe, conseguimos...", e depois de alguns minutos você se aconchega nos braços da única pessoa que você conhece, ali você sabe que está protegido.

E para quem achava que não conseguiria, que não teria forças, se entrega a tanto amor com você nos braços.


Acredito que o trabalho de parto sendo rápido ou demorado, ele é transformador na vida de qualquer mulher, então por isso, minha admiração pela sua mãe, só aumentou.

O trabalho de parto não foi fácil para sua mãe que estava com muita dor.

Não foi fácil para o seu pai vendo alguém que tanto ama, ali sofrendo, chorando, mas ele estava o tempo todo ao lado dando apoio a ela.

Não foi fácil para os médicos Dr. Antonio Pera, Dr. Patrícia, Dr. Rufino, e todas as enfermeiras que participaram, mas todos estavam empenhados dando o melhor.

Também não foi fácil para mim, que em alguns momentos me tiraram da sala, mas estava do lado de fora pedindo a Deus que tudo desse certo.


Enfim, depois de muita luta, você veio com saúde, e o mais gratificante foi ver a alegria estampada no rosto dos seus pais, todo bobos e com os olhos brilhando.


Obrigado por tudo, e espero ainda poder registrar muitos momentos lindos e importante na vida de vocês.

Em especial queria agradecer e parabenizar o Dr. Antonio Pera, Dr. Patrícia, Dr. Rufino e equipe, e dizer que cada dia mais admiro e respeito essa profissão, vocês tem um dom incrível, que suas mãos sejam abençoadas a cada parto, porque são elas que trazem ao mundo o choro da vida, e as lagrimas da alegria.



Ass.: Paulo Cezar Jr.